Semanada >   H. Jackson Brown, Jr.
When you lose, don't lose the lesson

terça-feira, maio 12, 2009

Nulla dies sine linea

Depois de ler os posts mais frescos do blogue de referência da situação, o Câmara Corporativa, impregnado de uma dose de graça fina e salpicado de boa musica, fiquei pronto para uma noite sossegada, sendo que tudo está bem quando o dia acaba bem, sobejando, porém, um remoer esquisito quanto ao contracorrente que verto para este meu modesto blogue, se não seria ideia mais benéfica comprar umas caixas de graxa e usá-las também aqui.
Depois de me informar sobre o pulsar profundo da defesa da conjuntura, seguindo a sugestão do “Câmara”, ainda consegui ler três posts dum outro blogue da situação, A Linha, adjacente ao Clube da Linha, subsidiado, sem sombra de dúvida pelo Partido Socialista da marginal e zonas limítrofes, como sejam a Amadora e o Joaquim Raposo. Não lucrei com a leitura, mas ganhei mais um instrumento de medida do que se passa por aí, no PS.
Noutro registo, entrei no sedutor Mátria Minha. A partir dos "seguidores" de Eugénia de Vasconcellos cheguei ao um blogue de cozinhados e bebidas, que não sendo sofisticado nas coisas de comer e beber, tem uma autora, lá na "parvónia-sur-Tejo", com uma cara simpática. Assim o blogue Molho de brócolos está já na coluna do lado, na rubrica "água na boca", para ir espreitando de vez em quando. Fica uma receitazinha, bem como o link. A receita é de "Brócolos salteados com nozes", com uma "fotografia" a não fazer jus ao sabor, certamente delicioso.



500g de raminhos de brócolos
1 Cebola grande em quartos
1 Pimento encarnado em cubos
2 Colheres de sopa de azeite
1 Chávena de metades de nozes
1/4 Chávena de caldo de galinha
1 Colher de sopa de molho de soja

Saltear as nozes no azeite numa wok até ficarem douradas. Reservar. No mesmo azeite, saltear os brócolos, a cebola e o pimento. Juntar o caldo de galinha e o molho de soja e cozinhar por 5 minutos, ou até os brócolos estarem tenros e o molho apurado. Juntar as nozes e servir.
-
Da imaginação dos "brócolos" e ainda com água na boca, não sei que raio de associação de pensamentos me levou a saltar para o "Conquilhas" (ao que dizem, um dos conspiradores da Praça das Flores), para ler mais um post inspirado, que me deixou tristonho, talvez porque a ingenuidade da maior parte dos eleitores/contribuintes ser uma verdade que todos evitamos referir quando há campanhas eleitorais.

botlink Câmara Corporativa
botlink A Linha
botlink Mátria Minha
botlink Molho de brócolos
botlink Hoje há conquilhas


Etiquetas: , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



footer-letra