Semanada >   H. Jackson Brown, Jr.
When you lose, don't lose the lesson

domingo, março 16, 2008

Cooperação estratégica

Estávamos contentes. Não pela nova posição do Dr. Júdice enquanto distribuidor oficial das terras, especulações e concessões ribeirinhas, assim uma espécie de enzima de parcerias, ainda por cima com um escritório que deve representar, no mínimo, metade das gentes com dinheiro e crédito bancário no país, fundos estrangeiros, carteiras de títulos e etc.
Estávamos contentes mais pela hipótese de se conseguir finalmente revitalizar a orla ribeirinha - ou Zona Ribeirinha -, expectantes formiguinhas, como é óbvio, quanto a novas propostas urbanísticas, de ordenamento, paisagísticas, arquitectónicas, turísticas, comerciais, desportivas… e até mesmo de engenharias financeiras, uns powerpoints em English, suficientemente sedutores para atrair fundos e investidores estrangeiros, já que os nacionais só compram dinheiro para investir quando o Estado mete a cabeça no cepo ou quando têm fieis representantes em lugares de decisão política distintos obedientes quanto aos espaços em que devem depositar as assinaturas, vulgo minhocas.
Estávamos - e estamos - curiosos por ver como seriam apresentadas as fórmulas para ajuntar o limite de Lisboa ao limite da Oeiras, sendo que nos fabularam planos fascinantes, tais como, por exemplo, a “ilha da Cruz Quebrada” ou a recriação da zona oeste do Jamor, coisas que não estão desligadas da demolição do antigo hotel Estoril-Sol.
Entretanto, como é sabido, o Excelentíssimo Senhor Presidente da República devolveu ao Excelentíssimo Senhor Dr. Silva Pereira o diploma que permitia transferir para a Câmara Municipal de Lisboa a tão apetecível Zona Ribeirinha. Diz-se que, na verdade, foi veto. Mas há quem o rejeite. De resto, o mais indicado, por enquanto, deitar uma vista de olhos na notícia do semanário O Sol, e ficar sentado, e ver qual será o resultado da badalada cooperação estratégica, sendo que Sócrates, pelas suas próprias palavras, declarou que esta devolução à Câmara era a rectificação de um erro estratégico que se arrasta há muitos anos.
Bom… então seria um aeroporto em Alcochete, uma terceira ponte entre Algés e Trafaria, a edificação e ordenamento da zona ribeirinha, três projectos que nos deixariam basbaques. E sócrates bem poderia fazer o número que Cavaco Silva na ainda zona pantanosa da Expo 98, afirmando peremptóriamente, apontado para o o rio, “Aqui vai aparecer a Ponte Vasco da Gama”. E lá está…

seta link Sol > notícia sobre veto de Cavaco Silva


Etiquetas: ,

1 Comments:

At 8:19 da manhã, Anonymous TV de LCD said...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the TV de LCD, I hope you enjoy. The address is http://tv-lcd.blogspot.com. A hug.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



footer-letra