Semanada >   H. Jackson Brown, Jr.
When you lose, don't lose the lesson

segunda-feira, abril 14, 2008

É o "choque tecnológico", não é?



Não é o primeiro sistema informático que me dizem estar entupido e vigiado, tendo por defeito abrir a correspondência antes desta ser lida pelo destinatário. Softwares, cabos, gente habilidosa e obediente. Não há muito a dizer sobre o assunto. Do "choque tecnológico" esperava-se uma mudança muito positiva. Mas ao que parece... a mudança não passou pelas mentalidades nem por uma significativa alteração da capacidade dos “servidores”. Note-se, por exemplo, as declarações de António Galamba, o qual, depois de ter feito uma licenciatura em aparelho partidário e uma pós-graduação em País, parece não ter ainda assimilado aquilo que somos.
António Galamba conta também que já não é o único deputado que utiliza um disco rígido portátil para trabalhar os documentos mais importantes, pois tem “dúvidas sobre a segurança do sistema informático” do Parlamento.
(...)
As suspeitas existentes respeitam a “e-mails” que chegam aos deputados com a indicação de já terem sido lidos, outros que chegam ao destino com dias de atraso, recepção de “e-mails” com a informação a ficar barrada no servidor.
(...)
Os deputados também têm o trabalho limitado por restrição de acesso a alguns “sites”, incluindo alguns de venda de livros “online”.
O presidente do Conselho de Administração da Assembleia da República, José Lello, disse ao “Diário Económico” que “não há falhas da informática” e que as situações detectadas se devem antes ao controlo apertado do sistema.
Não me recordo do sítio dos sublinhados. Desculpem
Vindo isto do seio do Parlamento, leva-nos a pensar que um bicho muito estranho ganhou vida nesta actual conjuntura, agitando-se também entre os seus pares. E pelo sorriso que o Exmo. Sr. Dr. Silva Pereira afivela nos debates do Parlamento, devidamente acompanhado pela expressão escarnecedora do Exmo. Senhor Dr. Mestre Santos Silva, podemos depreender que os dois sabem muito bem como o bicho se alimenta e sobrevive. Os outros lamentadores/utilizadores que se cuidem. É que eles, os do bicho, não brincam em serviço.
Enfim … Novos rumos… velhos comportamentos.
E que tal perguntarem ao Exmo. Sr. Dr. José Magalhães? Talvez ele consiga explicar o fenómeno (extraterrestre).

seta link Parlamento >Deputados do Partido Socialista


Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



footer-letra