Semanada >   H. Jackson Brown, Jr.
When you lose, don't lose the lesson

quinta-feira, abril 03, 2008

As cerejas no bolo


Adoptando um modelo de gestão potenciador de sinergias entre mais de 90 empresas, o Grupo responde com eficiência aos desafios da subcontratação, pública e privada.
A visão abrangente dos negócios em 14 países apresenta uma quota de internacionalização e uma taxa de diversificação de serviços especializados sem paralelo em Portugal.
seta link Apresentação institucional no website do Grupo Mota-Engil
Há um mercado internacional, mais do que emergente, de Obras Públicas, sobretudo a leste e nos novos territórios abrangidos pelo alargamento da Europa. Há, na América Latina - considerando, por exemplo, os índices de crescimento com efeito no bolso das pessoas, tal como acontece no Brasil - um vasto mercado para o sector das obras públicas e dos transportes, que seria um desperdício não ir a jogo. Há, também em África, nos países de expressão portuguesa, em particular neste novo ciclo de Angola, um aparatoso disponível "mercado" de capitais, a indicar um volume invulgar de obras públicas, umas para serem feitas, outras nem tanto. Há, internamente, num plano financeiro mais mais modesto, pistas de novas oportunidades de negócio, tendo em conta as medidas de reforço da liberalização de vários sectores, por exemplo no que respeita a portos e aeroportos - e respectivos acessos -, uma oferta que, creio, podemos manifestar sem complexos, concorrendo no plano internacional, aproveitando a circunstância da implantação de um novo aeroporto e a projectada requalificação de quatro aerogares, tanto no que diz respeito a voos internacionais, como nas escalas regionais e correspondente gestão privada, com tudo o que isso implica de investimento, por parte do erário público, em tecnologias de arromba e de ponta. Por isso, faz todo o sentido que o Exmo. Sr. Dr. Jorge Coelho vá para Ceo da Mota-Engil, acrescentando as mais-valias do seu ex-secretário de Estado, Exmo. Sr. Dr. Luís Manuel Ferreira Parreirão Gonçalves, às do ilustre Professor Doutor Luís Valente de Oliveira, ex-ministro das Obras Públicas, Transportes e Habitação do executivo do Exmo Senhor Professor Cavaco Silva, e de António Bernardo Aranha da Gama Lobo Xavier, vulgo Lobo Xavier, que para além de vogal independente da Mota-Engil e também colega no programa televisivo Quadratura do Círculo. Um mix mais alargado do que o pré-histórico bloco central. Acresce, para reforçar a hipótese de Jorge Coelho vir a ser a figura da M+E, o facto do PS manter relações muito antigas com as empresas fundidas, sobretudo com a Engil, mesmo antes dos tempos da sumida Amadeu Gaudêncio e muito antes de Jorge Coelho ter assumido a responsabilidade das finanças do Partido Socialista.
Sendo notório que o Exmo. Sr. Dr. Coelho foi muito bem sucedido na sua vida partidária no PS e na vida pessoal, governando bem ambas, quero aqui deixar neste blogue invisível e da parte desta formiguinha - sabendo que Jorge Coelho nunca lerá esta nota - um sincero aplauso pelo modo e o tempo de mais uma cereja em cima do bolo e saudá-lo enquanto oexímio organizador. Que a suas novas funções, caso se concretize o que para aí se diz, tenha resultados no PSI 20 e também na riqueza a distribuir com a generosidade peculiar dos novos ricos socialistas, sem perder de vista o essencial das internacionalizações. O resto a epistemologia das dinâmicas e sinergias neste país de foguetes e 1%, o dia-a-dia aqui é para entreter o pagode, para que ele não pense em mais revoluções neste Grande Vazio. Não vá destroçar as fortunas de alguns... que com tanto suor e lágrimas foram acumuladas.


… a democracia é a mais delicada forma de governo. A mais delicada! Por esse motivo, demorou tanto a ocorrer na História. A democracia depende de que a linguagem do povo se torne mais rica e mais elevada ao longo das décadas e dos séculos. Depende de criatividade, substância, boas instituições e alto desenvolvimento.
seta link Norman Mailer, In Revista Continente Multicultural (2003)
seta link Órgãos Sociais do Grupo Mota-Engil


Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



footer-letra