Semanada >   H. Jackson Brown, Jr.
When you lose, don't lose the lesson

terça-feira, junho 05, 2007

Os números e as políticas



Todos sabemos, não sejamos ingénuos, que os números (da gestão das contas) dependem da perspectiva do nosso olhar ou do pendor da abordagem da engenharia. Este post do Conquilhas (membro da Comissão de Honra de António Costa), bem articulado, sublinhe-se, enquanto defesa, é elucidativo e merecia uma nota mais demonstrada, digamos, mais técnica no “contraditório“. Também significa que não chegou a haver, na verdade, o “virar de página”, na altura tão anunciado, no que respeita a assuntos relacionados com a Câmara de Lisboa, que devia ser caso encerrado, visto agora as actividades serem outras. Independente de concordar com o que o Tomás expõe, a coisa soaria mais consistente se viesse de Fontão de Carvalho, então responsável pelas Finanças e pelo Património. De qualquer maneira, fica o link e um excerto.
A diferença toda está no que a sumidade jornalística (quando será aplicada a promoção em função da avaliação de competências no jornalismo?) não quis atingir: somar as Despesas de Capital (investimento, obra, enriquecimento do património municipal) dos últimos 4 anos referidos (à volta de mil milhões de euros) com o Total do Passivo referido no gráfico (em 2001) – 523 milhões de euros. Ou seja, o passivo teve um crescimento diminuto (é o que o próprio gráfico indica) comparado com as Despesas de Capital.
Blog Hoje há conquilhas…

Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



footer-letra